“VINDE, ESPÍRITO SANTO, VINDE POR MEIO DA PODEROSA INTERCESSÃO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA, VOSSA AMADÍSSIMA ESPOSA.”

Maria é a primeira a receber os benefícios da encarnação. Maria é a primeira a receber as graças vindas do ressuscitado, pois ela é o berço onde tudo começa. Ela é o lugar onde a vida começa a ser modificada pela força da intervenção definitiva de Deus.

Durante três anos Jesus havia preparado os apóstolos e os discípulos para a grande missão de difundir o Evangelho pelo mundo. Imaginemos o maior e mais ilustre dos professores, o mais sábio e capaz dos mestres que a história tenha conhecido, mesmo este não se compararia a Jesus Cristo, pois Ele, além de ser o Mestre dos mestres, é acima de tudo Deus, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, o Verbo de Deus encarnado, o Homem-Deus. Ele é a própria Sabedoria Encarnada e assim sendo escolhe Maria, a serva humilde do Pai para ser, em Pentecostes, uma figura de singular consideração. “É importante para nós relembrar que a maternidade divina de Maria concede a ela uma relação especial com cada pessoa da santíssima trindade.” A fiel filha do Pai, que se tornou a mãe do filho do Deus encarnado é chamada então de Esposa do Espírito Santo.

Maria no cenáculo faz o papel de receptora direta dessa imensa graça: O Espírito Santo. Ela esta ali como um para-raio que atrai e recebe poderosamente esse fogo abrasador, que irá se espalhar pela vida e pelo coração do povo de Deus.

Jesus confiou seus discípulos a Maria antes da vinda do Espírito Santo, pois Maria é memória vivente de Cristo, de sua vida desde o princípio e de suas palavras. Sua presença materna fala dEle em tudo pois a Virgem Maria foi aquela que recebeu o Espírito Santo em plenitude.

No seio da Trindade, o Espírito Santo é a pessoa do amor, assim chamado, como nos ensina São Tomás que Aquino, pois tanto o Pai quanto o Filho nos ama através desse mesmo Espírito.

Quando o Espírito Santo desce sobre Maria e os apóstolos, nós descobrimos que esse derramamento do Espírito está ligado de uma maneira toda especial àqueles que estão configurados a Cristo pelo Batismo. Essa missão do Espírito Santo traz graça às nossas almas e as introduz dentro da vida e do seio da Trindade de Amor.

Todo ser humano é chamado a desfrutar uma relação pessoal com cada pessoa da Trindade. Deus deseja essa relação única conosco e, assim unidos, a Igreja nos chama a essa relação de amor entre a Trindade e os cristãos. Quando a Trindade encontra morada dentro da alma dos justos, ele expande o seu conhecimento e amor para abraçar o Pai, o Filho e o Espírito Santo. A Igreja de Cristo identifica essa morada como sendo o lugar onde aqueles que possuem a marca da Trindade encontram sustento e remédio através da escuta da palavra de Deus e da vida sacramental na igreja.

Foi a obra materna de Maria que ajudou os discípulos a perseverarem cada dia na esperança do acontecimento prometido da vinda do Espírito, a estarem de acordo e unidos e a abrirem seus corações na oração como uma atitude de invocação e de confiada espera. Maria molda maternalmente os apóstolos, faz deles irmãos e prepara a comunidade para acolher o Espírito Santo. A nova vinda do Espírito sobre Ela a une ainda mais à Igreja, sua comunhão e missão. Não é possível pensar na Igreja sem Maria e em Maria sem a Igreja.

A centralidade da Mãe de Jesus em meio aos discípulos, com a mesma chama do Espírito Santo, em uma atitude de acolhida do dom e de ação de graças, nos fala do perfil mariano da Igreja. Ela representa a própria essência da Igreja: pura acolhida e transmissão do dom de Deus.

A graça de Pentecostes acontecerá novamente quando aprendermos a permitir que Maria esteja presente em todas as situações de nossas vidas. Ela quer, pelo Espírito Santo, me conduzir e te conduzir até Jesus, o seu filho. Ela que desde o princípio não olhou para trás, não pensou duas vezes, e disse sim a Deus para que, através de sua maternal intercessão nos conduzisse cada dia ao colo do seu filho Jesus e, ali acolhidos e amados, pudéssemos também rejubilar com Ela: Mãe de Deus, Mãe da Igreja e nossa Mãe.

About these ads

Sobre Rudney Novaes

Graduado em Comunicação Social, habilitação Publicidade e Propaganda, atuo profissionalmente há quatro anos como designer gráfico e há dois com fotografia. Reúno atividades relacionadas ao cenário fotográfico da moda, de produtos, retratos, paisagem e natureza. Também tenho participação na Mostra de Vídeo da Faculdade Novo Milênio com o curta-metragem Máscaras (2002), Festival de Vídeo de Salvador/ BA com o curta-metragem Cotidiano (2003) e Memória Fragmentada (2004). Caracterizo-me, principalmente, por um olhar inclinado à percepção do belo, numa representatividade delineada do real. Assim, procuro encontrar no cotidiano a subjetividade de uma expressão ainda oculta pela rítmica do ser humano, identificando o princípio invisível como essência para os reflexos, que esporadicamente entrevêem os homens. A amplitude da beleza torna-se então, algo aplicável a tudo aquilo que é trivial. Ver todos os artigos de Rudney Novaes

2 responses to ““VINDE, ESPÍRITO SANTO, VINDE POR MEIO DA PODEROSA INTERCESSÃO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA, VOSSA AMADÍSSIMA ESPOSA.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: